\\ JORNAL DA MANHÃ \ Economia

Contabilista alerta para a simulação fiscal

Publicada em 24/01/2017.

Contabilistas de Ijuí e região estiveram reunidos na última sexta-feira para a realização de mais um curso de atualização em práticas fiscais. O encontro contou com a preparação do contador e consultor da Lefisc Sergio Renato Reolon Martins que repassou orientações quanto ao planejamento tributário das empresas. O contabilista destaca que é importante que os contadores  conheçam as atualizações fiscais agora em janeiro, já que todas as regras valerão para o ano até dezembro. “É importante que no início do ano seja feita uma opção correta de tributação”.
Ele lembrou que a opção pelo Simples Nacional tem que ser feita no início do ano, bem  como a exclusão do sistema, emissão da DCTF e os cálculos da carga tributária. "Uma empresa que tributa pelo presumido, ela vai estar tributando uma presunção de lucros, mas ela pode ser uma empresa que tem prejuízo e se ela  tiver prejuízo ela vai estar indiretamente tributando um prejuízo e essa tributação é em função da opção errada no mês de janeiro", avalia.
Segundo Sergio, o primeiro passo é ter uma assessoria contábil, por isso é importante que os serviços contábeis estejam nas mãos de quem se atualiza e que conheça bem a legislação para fazer esse planejamento correto para valer pelos 12 meses. "Já vi casos de empresas que vêm tributando há 10 anos com a mesma forma de tributação e que na verdade é uma forma errada, empresas que são hoje optantes pelo Simples Nacional e que se tivessem tributando pelo presumido ou pelo lucro real, estariam pagando menos imposto. Depende muito de uma simulação de cada forma de tributação, mas isso só quem pode fazer é quem conhece bem a legislação".
Tem empresas que fazem uma simulação há muito tempo e que não conhecem as outras formas porque não fazem a simulação. “Só quem conhece a legislação e se atualiza consegue preservar seus clientes no caminho certo”.