\\ JORNAL DA MANHÃ \ Comunidade

Lar Bom Abrigo projeta nova casa para este ano

Publicada em 23/01/2017.

 

A diretora do Lar Bom Abrigo, Marli Gaspar, diz que a instituição teve um ano positivo, a qual relata que a colaboração da comunidade foi fundamental para manter o bem-estar e as condições necessárias para o crescimento do Lar. 
Marli adianta que para este ano a instituição tem um projeto desafiador, e que vai precisar do empenho de cada colaborador e da contribuição da comunidade, a qual está sempre presente nas ações promovidas pela direção. “Iniciamos a construção da nova casa, pois pretendemos deslocar todas as crianças para o Santana, onde já temos uma casa de retiro”. Ela destaca que o acolhimento vai ser transferido para esta nova unidade.
Segundo a diretora, todo o projeto é para melhor atender os acolhidos que são prioridade para a instituição. “Nós percebemos que os acolhidos que vivem no interior, estão em melhores condições de desenvolvimento, pelo ambiente natural e a proximidade que existe entre as crianças, facilitando a interação entre elas”.
“As crianças nos pediram para ser levadas para morar na casa do Santana, porque elas adoram estar naquele ambiente”, destaca a diretora. Ela ainda ressalta que acredita na conclusão da casa este ano, e que tem certeza da ajuda da comunidade
De acordo com Marli, o apelo para a comunidade está sendo feito, e campanhas de arrecadação de fundos para a construção devem começar no mês de março. “Temos uma empresa que nos forneceu toda a construção da base, e uma igreja que está nos fornecendo o pedreiro para a realização do trabalho”, declara. 
“Temos um compromisso com essas crianças, firmado por lei, onde diz que não devemos deixar faltar nada para elas, mas de fato a colaboração da comunidade é fundamental assim como a população de Ijuí, que está sempre disposta ajudar”. Ela destaca também o projeto do óleo de cozinha, que é doado pela comunidade para a fabricação de sabão, que é vendido para uma empresa, e com o dinheiro arrecadado é feita a compra de materiais de higiene pessoal para as meninas.

A diretora do Lar Bom Abrigo, Marli Gaspar, diz que a instituição teve um ano positivo, a qual relata que a colaboração da comunidade foi fundamental para manter o bem-estar e as condições necessárias para o crescimento do Lar. 

Marli adianta que para este ano a instituição tem um projeto desafiador, e que vai precisar do empenho de cada colaborador e da contribuição da comunidade, a qual está sempre presente nas ações promovidas pela direção. “Iniciamos a construção da nova casa, pois pretendemos deslocar todas as crianças para o Santana, onde já temos uma casa de retiro”. Ela destaca que o acolhimento vai ser transferido para esta nova unidade.

Segundo a diretora, todo o projeto é para melhor atender os acolhidos que são prioridade para a instituição. “Nós percebemos que os acolhidos que vivem no interior, estão em melhores condições de desenvolvimento, pelo ambiente natural e a proximidade que existe entre as crianças, facilitando a interação entre elas”.

“As crianças nos pediram para ser levadas para morar na casa do Santana, porque elas adoram estar naquele ambiente”, destaca a diretora. Ela ainda ressalta que acredita na conclusão da casa este ano, e que tem certeza da ajuda da comunidade

De acordo com Marli, o apelo para a comunidade está sendo feito, e campanhas de arrecadação de fundos para a construção devem começar no mês de março. “Temos uma empresa que nos forneceu toda a construção da base, e uma igreja que está nos fornecendo o pedreiro para a realização do trabalho”, declara. 

“Temos um compromisso com essas crianças, firmado por lei, onde diz que não devemos deixar faltar nada para elas, mas de fato a colaboração da comunidade é fundamental assim como a população de Ijuí, que está sempre disposta ajudar”. Ela destaca também o projeto do óleo de cozinha, que é doado pela comunidade para a fabricação de sabão, que é vendido para uma empresa, e com o dinheiro arrecadado é feita a compra de materiais de higiene pessoal para as meninas.