\\ JORNAL DA MANHÃ \ Comunidade

Comunidade já pode usufruir da Estação

Publicada em 13/12/2016.

 

Foi entregue na tarde de ontem, a primeira etapa da Estação Cultura e Lazer de Ijuí. O espaço está sendo construído junto à antiga Estação Férrea, que também passa por revitalização, por meio de parceria entre o poder público e o Ministério Público Federal (MPF).
“É um legado muito importante, a Estação Férrea que serviu no passado para trazer imigrantes, colonizadores, que construíram o Município, temos a oportunidade de revitalizar e poder propiciar encontros nas áreas de cultura, lazer, entretenimento, danças, teatro, enfim, para integração e acolhimento da comunidade”, conta o prefeito Fioravante Ballin.
Esta primeira etapa, que inclui a revitalização do prédio e recuperação de vagões, teve investimento de R$ 434 mil. No entanto, o MPF disponibilizou mais de R$ 1,4 milhão, além de uma emenda parlamentar do deputado federal Assis Melo de R$ 250 mil. “Isso tudo será investido nessa área de 6.228 metros quadrados e que está sendo entregue a partir de hoje à comunidade”, acrescenta.
Ainda resta a colocação de móveis e climatização no pavilhão, mas a comunidade já pode usufruir do espaço externo do local. “Para visitação, a partir de hoje, já está aberto à comunidade e, com certeza, serão construídos outros momentos à medida que forem entregues as etapas”, afirma Ballin.
Um dos vagões será destinado para restaurante.

Foi entregue na tarde de ontem, a primeira etapa da Estação Cultura e Lazer de Ijuí. O espaço está sendo construído junto à antiga Estação Férrea, que também passa por revitalização, por meio de parceria entre o poder público e o Ministério Público Federal (MPF).

“É um legado muito importante, a Estação Férrea que serviu no passado para trazer imigrantes, colonizadores, que construíram o Município, temos a oportunidade de revitalizar e poder propiciar encontros nas áreas de cultura, lazer, entretenimento, danças, teatro, enfim, para integração e acolhimento da comunidade”, conta o prefeito Fioravante Ballin.

Esta primeira etapa, que inclui a revitalização do prédio e recuperação de vagões, teve investimento de R$ 434 mil. No entanto, o MPF disponibilizou mais de R$ 1,4 milhão, além de uma emenda parlamentar do deputado federal Assis Melo de R$ 250 mil. “Isso tudo será investido nessa área de 6.228 metros quadrados e que está sendo entregue a partir de hoje à comunidade”, acrescenta.

Ainda resta a colocação de móveis e climatização no pavilhão, mas a comunidade já pode usufruir do espaço externo do local. “Para visitação, a partir de hoje, já está aberto à comunidade e, com certeza, serão construídos outros momentos à medida que forem entregues as etapas”, afirma Ballin.

Um dos vagões será destinado para restaurante.