\\ JORNAL DA MANHÃ \ Comunidade

Projeto entrega presentes e realiza sonhos de Natal

A emoção tomou conta das crianças e acadêmicos durante entrega dos presentes
A emoção tomou conta das crianças e acadêmicos durante entrega dos presentes
Publicada em 12/12/2016.

 

O dia foi de programação diferenciada no espaço da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Ijuí, ontem.
O 1º Super Ação tem o intuito de aproximar a comunidade da instituição, mostrando o trabalho realizado pelo serviço e pela Escola Recanto da Esperança, que abrange não só a educação e alfabetização, como atendimento em saúde, incluindo acompanhamento de fisioterapeutas e psicológos, e muito mais.
Para quem não conseguiu ir ontem, a programação acontece ainda hoje, no mesmo local. Terá venda de artesanatos, lanches e a Feira de Economia Solidária.
Além disso, acontece um brechó da Apae e Outlet das lojas do Shopping JB.
Pintura nos rostos das crianças, brinquedos infláveis e piscina de bolinhas são as atrações pensadas para o público infantil.
Apresentações de teatro, dança e capoeira envolvem toda a família, assim como os shows programados para o dia de atividades especiais. Os portões da Apae abrem a partir das 9h e toda a comunidade é convidada a partNa manhã de ontem, foram entregues os pedidos de Natal feitos por alunos do 1º ao 5º ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Emil Glítz, como parte dos projetos de Extensão, da Unijuí, Cidadania para Todos e Ações Comunitárias Multidisciplinares.
“Pensamos em uma ação não meramente social, mas de compartilhamento de sonhos. Então, todas as crianças escreveram cartas, contando um pouco de suas histórias, sobre quem são, os sonhos que possuem e o que precisam fazer para realizá-los, e pediram presentes”, conta a coordenadora do projeto Cidadania para Todos, professora Ester Eliana Hauser.
Todas as cartas foram levadas para a Universidade e distribuídas entre os estudantes dos cursos de graduação. Além da compra dos presentes, os estudantes também escreveram cartas-respostas às crianças contando suas histórias e sonhos. “A ideia fundamental do trabalho é fazer uma experiência de solidariedade, generosidade e, sobretudo de empatia, que é um pouco dessa tentativa de olhar o mundo pelo olhar do outro”, conta. Foram recebidas em torno de 240 cartas, de alunos do 1º ao 5º ano do educandário. “Todas as cartas foram apadrinhadas.”
A ação de Natal integra um conjunto de outras atividades que são desenvolvidas todo o ano no bairro e na escola.
Na manhã de ontem, foram entregues os pedidos de Natal feitos por alunos do 1º ao 5º ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Emil Glítz, como parte dos projetos de Extensão, da Unijuí, Cidadania para Todos e Ações Comunitárias Multidisciplinares.
“Pensamos em uma ação não meramente social, mas de compartilhamento de sonhos. Então, todas as crianças escreveram cartas, contando um pouco de suas histórias, sobre quem são, os sonhos que possuem e o que precisam fazer para realizá-los, e pediram presentes”, conta a coordenadora do projeto Cidadania para Todos, professora Ester Eliana Hauser.
Todas as cartas foram levadas para a Universidade e distribuídas entre os estudantes dos cursos de graduação. Além da compra dos presentes, os estudantes também escreveram cartas-respostas às crianças contando suas histórias e sonhos. “A ideia fundamental do trabalho é fazer uma experiência de solidariedade, generosidade e, sobretudo de empatia, que é um pouco dessa tentativa de olhar o mundo pelo olhar do outro”, conta. Foram recebidas em torno de 240 cartas, de alunos do 1º ao 5º ano do educandário. “Todas as cartas foram apadrinhadas.”
A ação de Natal integra um conjunto de outras atividades que são desenvolvidas todo o ano no bairro e na escola.