\\ JORNAL DA MANHÃ \ COLUNISTA \ Carlos Alberto Padilha

Liderança

Publicada em 11/10/2016.

 

LIDERANÇA- A Seleção Brasileira sob o comando do técnico Tite enfrenta a Venezuela hoje às 21h30 em Mérida. É daqueles jogos que dá para somar pontos e seguir o caminho do Brasil rumo à liderança das Eliminatórias Sul-Americanas ao Mundial de 2018. Há pouco tempo falavámos de uma equipe em situação delicada e fora da zona de classificação. Agora a situação é diferente e o selecionado brasileiro pode chegar ao topo das Eliminatórias. No fim de semana ouvi a entrevista do ex-atacante Marcelinho Carioca. Em determinado momento ele disse que os jogadores Neymar e Daniel Alves, não estavam à vontade na Seleção Brasileira quando o time era treinado por Dunga. Claro que não faziam corpo mole, mas não tinham aquela garra mostrada com outros treinadores. É bem provável que isso tenha acontecido com outros jogadores, pois foi só Tite assumir que os atletas começaram a correr pelo novo comandante e em pouco tempo o Brasil mudou muito seu futebol, calando os críticos que vinham pregando de que a safra do futebol brasileiro é fraca. Não temos jogadores como Romário, Ronaldo Nazário, e Ronaldinho Gaúcho, mas não concordo que a safra atual é uma das piores. Longe disso, temos bons jogadores que não vinham jogando o seu máximo sob o comando de Dunga.
FUTEBOL AMERICANO- O Ijuí Drones foi derrotado pelo Criciúma Miners por 35 a 20, sábado à tarde no Estádio 19 de Outubro, em jogo da última rodada da primeira fase da Copa Sul.O sistema ofensivo, liderado pelo quaterback Da’Ronte Smith, teve papel importante na vitória. A defesa do time catarinense também esteve em uma tarde inspirada. A equipe treinada por Ângelo Coffy saiu de campo com cinco touchdows conquistados. O Criciúma Miners avançou para as semifinais, enquanto o Ijuí Drones com três vitórias em quatro jogos, disputará o wild card, em busca de vaga na semifinal. Enfrentará a terceira melhor equipe da Chave Norte, composta por Gaspar Black Hawks, Corupá Buffalos, Curitiba Guardian Saints, Itaiópolis Xoklengs e Curitiba Tigers.

A Seleção Brasileira sob o comando do técnico Tite enfrenta a Venezuela hoje às 21h30 em Mérida. É daqueles jogos que dá para somar pontos e seguir o caminho do Brasil rumo à liderança das Eliminatórias Sul-Americanas ao Mundial de 2018. Há pouco tempo falavámos de uma equipe em situação delicada e fora da zona de classificação. Agora a situação é diferente e o selecionado brasileiro pode chegar ao topo das Eliminatórias. No fim de semana ouvi a entrevista do ex-atacante Marcelinho Carioca. Em determinado momento ele disse que os jogadores Neymar e Daniel Alves, não estavam à vontade na Seleção Brasileira quando o time era treinado por Dunga. Claro que não faziam corpo mole, mas não tinham aquela garra mostrada com outros treinadores. É bem provável que isso tenha acontecido com outros jogadores, pois foi só Tite assumir que os atletas começaram a correr pelo novo comandante e em pouco tempo o Brasil mudou muito seu futebol, calando os críticos que vinham pregando de que a safra do futebol brasileiro é fraca. Não temos jogadores como Romário, Ronaldo Nazário, e Ronaldinho Gaúcho, mas não concordo que a safra atual é uma das piores. Longe disso, temos bons jogadores que não vinham jogando o seu máximo sob o comando de Dunga.

FUTEBOL AMERICANO- O Ijuí Drones foi derrotado pelo Criciúma Miners por 35 a 20, sábado à tarde no Estádio 19 de Outubro, em jogo da última rodada da primeira fase da Copa Sul.O sistema ofensivo, liderado pelo quaterback Da’Ronte Smith, teve papel importante na vitória. A defesa do time catarinense também esteve em uma tarde inspirada. A equipe treinada por Ângelo Coffy saiu de campo com cinco touchdows conquistados. O Criciúma Miners avançou para as semifinais, enquanto o Ijuí Drones com três vitórias em quatro jogos, disputará o wild card, em busca de vaga na semifinal. Enfrentará a terceira melhor equipe da Chave Norte, composta por Gaspar Black Hawks, Corupá Buffalos, Curitiba Guardian Saints, Itaiópolis Xoklengs e Curitiba Tigers.