\\ STAMPA \ Notícias

Multicampeão Danilo reforça nosso futsal

Goleiro foi apresentado pela diretoria da AIF
Goleiro foi apresentado pela diretoria da AIF
Publicada em 14/07/2016.

 

A Associação Ijuí Futsal (AIF) tem um multicampeão no seu elenco. O goleiro Danilo Kruger, 41 anos, integra o grupo do time ijuiense que está disputando o Estadual de Futsal, Série Bronze. Anunciado no dia 14 de junho após uma negociação liderada pelo vice de futebol Juca Goi, o atleta gaúcho de Santa Rosa trouxe experiência e agrega qualidade ao time que faz boa campanha na competição e tem também os goleiros Maicon Romero, Júnior e Marcelo. 
O currículo de Danilo é extenso e marcado por vários títulos. Em 1999 foi vice campeão da Série Ouro com a UPF de Passo Fundo. Em 2002 defendeu o Internacional na conquista da Copa Abertura RS. Foi campeão Mundial Interclubes Fifa em Barcelona, título conquistado em 2004, quando defendia a Associação Carlos de Futsal (ACBF);bicampeão da Liga Futsal ( 2004-2006); campeão do Campeonato Gaúcho de 2007 pela ACBF; da Copa Gramado em 2010 pela equipe da Cortiana de Farroupilha; da Copa Rio em 2011 pelo Petrópolis-RJ; bicampeão dos Jogos Abertos nas temporadas de 2012-2013 pelo Maringá (PR); da Taça Jorge Kudri e do Campeonato Paranaense Série Ouro de Futsal em 2014 pelo CAD de Guarapuava (PR). Ainda pela Seleção Brasileira de Futsal, Danilo foi campeão dos Jogos da Lusofonia em Lisboa, Portugal em 2009 e campeão Sul Americano em Medellín na Colômbia em 2010. Títulos individuais também marcam a carreira de Danilo. 
Em 2005 foi escolhido o melhor goleiro Sul-Americano de Clubes em Lima no Peru; em 2006, se destacou como o melhor goleiro da Liga Nacional, em 2008 foi escolhido melhor goleiro do Campeonato Gaúcho. Na mesma temporada teve escolhida a melhor defesa do Mundial da Espanha e em 2009, a melhor defesa nos Jogos da Lusofonia em Lisboa, Portugal. Naquele ano jogou pelo Atlântico de Erechim. Em 2015, Danilo jogou a Série Prata pela equipe da ABELC de Boa Vista do Buricá. Hábil com a bola nos pés ,   o goleiro marcou 14 gols na temporada 2000. Ao falar para a Revista Stampa elogiou o Gauchão da Série Bronze onde na sua opinião estão grandes jogadores da modalidade. “O Campeonato vem crescendo a cada ano. O nível técnico é excelente, com os clubes investindo forte para montar grupos qualificados.Quem ganha com isso é o torcedor que gosta do futsal. A Série Prata vem decaindo nos últimos anos e a Série Ouro passa por uma fase de renovação”. 
Danilo, no começo da carreira, chegou a ser chamado de Taffarel das quadras, por ser da mesma cidade do ex-goleiro da Seleção Brasileira Tetra-campeã Mundial de Futebol em 1994, pela semelhança física com o ex-goleiro do Inter, Atlético-MG, Parma da Itália e Galasataray da Turquia e pela segurança demonstrada nos clubes em que jogou. Primeiro santarosense a vestir a camiseta da Seleção Brasileira de Futsal, o agora atleta da Associação Ijuí Futsal disse que gosta muito de treinar, e os jovens que estão começando nunca devem desistir dos seus sonhos, trabalhando com muito foco e  seriedade. ‘‘Enfrentei vários obstáculos no início da carreira, nunca me abalei ou pensei em desistir. A solidez da carreira só foi possível pela minha dedicação e entrega nos treinamentos e jogos”, comentou. 
Danilo sempre foi elogiado nos clubes onde jogou pela boa colocação no gol, a característica de jogar com os pés, a conduta e a liderança junto aos demais atletas. Trabalhou ao lado de grandes nomes da posição no país, entre eles Lavoisier, que foi seu colega na ACBF de Carlos Barbosa e considerado um dos melhores do planeta nos anos 90, Danilo começou no futebol em 1990 na base do Internacional de Porto Alegre, passagem que durou apenas seis meses. Em 1993 disputou o Estadual de Juniores pela SER Santo Ângelo, sagrando-se campeão gaúcho daquele ano na final com o Gaúcho de Passo Fundo. No ano de 1994, Danilo disputou o Campeonato Gaúcho pelo Dínamo de Santa Rosa. Teve uma breve passagem pelo Esporte Clube São Luiz. Em 1998 foi convidado a participar da equipe de Futsal do Santa Rosa jogando a Série Prata. O novo goleiro da AIF quer fazer história no clube e ganhar mais uma taça de campeão.

A Associação Ijuí Futsal (AIF) tem um multicampeão no seu elenco. O goleiro Danilo Kruger, 41 anos, integra o grupo do time ijuiense que está disputando o Estadual de Futsal, Série Bronze. Anunciado no dia 14 de junho após uma negociação liderada pelo vice de futebol Juca Goi, o atleta gaúcho de Santa Rosa trouxe experiência e agrega qualidade ao time que faz boa campanha na competição e tem também os goleiros Maicon Romero, Júnior e Marcelo. 

O currículo de Danilo é extenso e marcado por vários títulos. Em 1999 foi vice campeão da Série Ouro com a UPF de Passo Fundo. Em 2002 defendeu o Internacional na conquista da Copa Abertura RS. Foi campeão Mundial Interclubes Fifa em Barcelona, título conquistado em 2004, quando defendia a Associação Carlos de Futsal (ACBF);bicampeão da Liga Futsal ( 2004-2006); campeão do Campeonato Gaúcho de 2007 pela ACBF; da Copa Gramado em 2010 pela equipe da Cortiana de Farroupilha; da Copa Rio em 2011 pelo Petrópolis-RJ; bicampeão dos Jogos Abertos nas temporadas de 2012-2013 pelo Maringá (PR); da Taça Jorge Kudri e do Campeonato Paranaense Série Ouro de Futsal em 2014 pelo CAD de Guarapuava (PR). Ainda pela Seleção Brasileira de Futsal, Danilo foi campeão dos Jogos da Lusofonia em Lisboa, Portugal em 2009 e campeão Sul Americano em Medellín na Colômbia em 2010. Títulos individuais também marcam a carreira de Danilo. 

Em 2005 foi escolhido o melhor goleiro Sul-Americano de Clubes em Lima no Peru; em 2006, se destacou como o melhor goleiro da Liga Nacional, em 2008 foi escolhido melhor goleiro do Campeonato Gaúcho. Na mesma temporada teve escolhida a melhor defesa do Mundial da Espanha e em 2009, a melhor defesa nos Jogos da Lusofonia em Lisboa, Portugal. Naquele ano jogou pelo Atlântico de Erechim. Em 2015, Danilo jogou a Série Prata pela equipe da ABELC de Boa Vista do Buricá. Hábil com a bola nos pés ,   o goleiro marcou 14 gols na temporada 2000. Ao falar para a Revista Stampa elogiou o Gauchão da Série Bronze onde na sua opinião estão grandes jogadores da modalidade. “O Campeonato vem crescendo a cada ano. O nível técnico é excelente, com os clubes investindo forte para montar grupos qualificados.Quem ganha com isso é o torcedor que gosta do futsal. A Série Prata vem decaindo nos últimos anos e a Série Ouro passa por uma fase de renovação”. 

Danilo, no começo da carreira, chegou a ser chamado de Taffarel das quadras, por ser da mesma cidade do ex-goleiro da Seleção Brasileira Tetra-campeã Mundial de Futebol em 1994, pela semelhança física com o ex-goleiro do Inter, Atlético-MG, Parma da Itália e Galasataray da Turquia e pela segurança demonstrada nos clubes em que jogou. Primeiro santarosense a vestir a camiseta da Seleção Brasileira de Futsal, o agora atleta da Associação Ijuí Futsal disse que gosta muito de treinar, e os jovens que estão começando nunca devem desistir dos seus sonhos, trabalhando com muito foco e  seriedade. ‘‘Enfrentei vários obstáculos no início da carreira, nunca me abalei ou pensei em desistir. A solidez da carreira só foi possível pela minha dedicação e entrega nos treinamentos e jogos”, comentou. 

Danilo sempre foi elogiado nos clubes onde jogou pela boa colocação no gol, a característica de jogar com os pés, a conduta e a liderança junto aos demais atletas. Trabalhou ao lado de grandes nomes da posição no país, entre eles Lavoisier, que foi seu colega na ACBF de Carlos Barbosa e considerado um dos melhores do planeta nos anos 90, Danilo começou no futebol em 1990 na base do Internacional de Porto Alegre, passagem que durou apenas seis meses. Em 1993 disputou o Estadual de Juniores pela SER Santo Ângelo, sagrando-se campeão gaúcho daquele ano na final com o Gaúcho de Passo Fundo. No ano de 1994, Danilo disputou o Campeonato Gaúcho pelo Dínamo de Santa Rosa. Teve uma breve passagem pelo Esporte Clube São Luiz. Em 1998 foi convidado a participar da equipe de Futsal do Santa Rosa jogando a Série Prata. O novo goleiro da AIF quer fazer história no clube e ganhar mais uma taça de campeão.