\\ JORNAL DA MANHÃ \ Região

Prefeito se reúne com Tribunal de Contas

Casas as margens da BR 285 foram destruídas e começaram a ser edificadas ontem
Casas as margens da BR 285 foram destruídas e começaram a ser edificadas ontem
Publicada em 25/02/2015.

 

Desde segunda-feira o prefeito de Coronel Barros, Senio Kirst cumpre agenda na capital federal para tratar de assuntos referentes a encaminhamentos de recursos, principalmente para o setor de educação. Ainda dentro dos assuntos da viagem está a busca da resolução da situação de reconstrução das casas populares às margens da BR-285. 
Oito unidades habitacionais construídas com recurso do Programa Minha Casa Minha Vida e liberado pelo banco Sicredi com contrapartida do Estado e do município e construídas pelo município foram edificadas em local irregular, que não respeitava a distância mínima da margem da rodovia. Com isso, as casas construídas pela gestão anterior precisaram ser desmanchadas e estão agora sendo novamente construídas.
O grande problema é que o Tribunal de Contas da União (TCU) está cobrando a devolução do valor que foi usado para a construção. Para isso o prefeito Senio Kirst participou de audiência com o TCU na segunda-feira a tarde. Em contato com a reportagem do Jornal da Manhã o prefeito informou que foi orientado a procurar o Ministério das Cidades. "Todos o processo está com o Ministério agora, e eles já orientaram uma abertura de tomada de contas especial. O Sicredi será intimado a responder a essa tomada de contas, ou seja, o municípío já não corre mais o risco de precisar realizar a devolução dos valores", afirmou Kirst.
Segundo informou o prefeito, o Ministério das cidades vai ouvir o banco Sicredi, que financiou as casas e os demais envolvidos na construção, coletar depoimentos para saber se de fato houve irregularidades. O Executivo ressalta que não seria justo devolver o dinheiro porque está reconstruindo as casas que foram demolidas. Já o TCU pede a devolução porque houve descumprimento da normativa.
Ainda ontem, equipes da empreiteira contratada iniciaram as obras para edificação das oito casas que serão entregues às famílias que haviam sido beneficiadas anteriormente. 
Hoje pela manhã o prefeito de Coronel Barros cumpre agenda com os deputados Gerônimo Goergen e Lasier Martins e realiza audiência com o Fundo Nacinal de Desenvolvimento da Educação.

Desde segunda-feira o prefeito de Coronel Barros, Senio Kirst cumpre agenda na capital federal para tratar de assuntos referentes a encaminhamentos de recursos, principalmente para o setor de educação. Ainda dentro dos assuntos da viagem está a busca da resolução da situação de reconstrução das casas populares às margens da BR-285. 

Oito unidades habitacionais construídas com recurso do Programa Minha Casa Minha Vida e liberado pelo banco Sicredi com contrapartida do Estado e do município e construídas pelo município foram edificadas em local irregular, que não respeitava a distância mínima da margem da rodovia. Com isso, as casas construídas pela gestão anterior precisaram ser desmanchadas e estão agora sendo novamente construídas.

O grande problema é que o Tribunal de Contas da União (TCU) está cobrando a devolução do valor que foi usado para a construção. Para isso o prefeito Senio Kirst participou de audiência com o TCU na segunda-feira a tarde. Em contato com a reportagem do Jornal da Manhã o prefeito informou que foi orientado a procurar o Ministério das Cidades. "Todos o processo está com o Ministério agora, e eles já orientaram uma abertura de tomada de contas especial. O Sicredi será intimado a responder a essa tomada de contas, ou seja, o municípío já não corre mais o risco de precisar realizar a devolução dos valores", afirmou Kirst.

Segundo informou o prefeito, o Ministério das cidades vai ouvir o banco Sicredi, que financiou as casas e os demais envolvidos na construção, coletar depoimentos para saber se de fato houve irregularidades. O Executivo ressalta que não seria justo devolver o dinheiro porque está reconstruindo as casas que foram demolidas. Já o TCU pede a devolução porque houve descumprimento da normativa.

Ainda ontem, equipes da empreiteira contratada iniciaram as obras para edificação das oito casas que serão entregues às famílias que haviam sido beneficiadas anteriormente. 

Hoje pela manhã o prefeito de Coronel Barros cumpre agenda com os deputados Gerônimo Goergen e Lasier Martins e realiza audiência com o Fundo Nacinal de Desenvolvimento da Educação.